SÁBADO, 21 DE ABRIL DE 2018
Publicada dia: 25/03/2018

Saiba quais foram as últimas palavras ditas por estas 30 pessoas famosas

Fonte: megacurioso.com.br

Falar sobre morte é complicado, e a gente sabe muito bem disso, mas também não é só porque um assunto é delicado que ele não deve ser trazido à tona de vez em quando, não é mesmo? Se você pensar na morte como a última linha de um livro ou a última cena de um filme, por exemplo, talvez o lado sombrio da coisa acabe ficando mais poético.

Os últimos momentos da vida de uma pessoa, principalmente quando estamos falando de alguém famoso, às vezes ficam gravados para sempre. A seguir, saiba quais foram as últimas palavras de algumas pessoas bastante conhecidas:

  • Elvis Presley disse à sua noiva Ginger Alden, antes de morrer em 1977, durante uma noite de insônia: “Eu vou ao banheiro para ler”;
  • O famoso pintor italiano Rafael Sanzio, conhecido apenas por seu primeiro nome, disse a palavra “feliz” antes de morrer;
  • O compositor Gustav Mahler morreu em sua cama enquanto conduzia uma orquestra imaginária. Sua última palavra foi “Mozart”;
  • A cantora Bessie Smith disse o seguinte antes de morrer: “Eu estou indo, mas eu estou indo em nome do Senhor”;
  • Frank Sinatra morreu depois de dizer “Eu estou perdendo”;

Frank Sinatra

  • George Orwell, imortalizado por obras como “A Revolução dos Bichos” e “1984”, teve como suas últimas palavras escritas: “Aos cinquenta, todo mundo tem o rosto que merece”. Ele morreu aos 46 anos.
  • Perguntado se tinha algo a dizer antes de morrer, o arquiteto William Henry Seward disse “Nada, apenas ‘amem uns aos outros’”;
  • A defensora do controle de natalidade, Margaret Sanger, disse “Uma festa! Vamos fazer uma festa”, antes de morrer;
  • Nostradamus previu e acertou quando disse: “Amanhã, ao nascer do Sol, eu não deverei mais estar aqui”;
  • O escritor Herman Melville morreu dizendo “Deus abençoe o Capitão Vere!”, fazendo alusão ao personagem de seu livro Billy Budd, cujos manuscritos foram encontrados posteriormente, em sua escrivaninha;

Isaac Newton

 

  • Maria Antonieta, antes de ser executada, disse “Perdão, meu senhor”;
  • Isaac Newton foi um gênio durante toda a sua vida e manteve a sua genialidade até mesmo na hora de escolher suas últimas palavras: “Eu não sei como eu posso parecer para o mundo, mas para mim mesmo eu pareço ter sido apenas um garoto brincando à beira-mar, divertindo-se quando encontrava um seixo mais liso ou uma concha mais bonita do que o normal, enquanto o oceano imenso da verdade permanece completamente por ser descoberto à minha frente”;
  • Leonardo Da Vinci morreu perfeccionista: “Eu ofendi a Deus e à humanidade porque meu trabalho não atingiu a qualidade que deveria”;
  • O baterista Buddy Rich morreu em um procedimento cirúrgico. Antes de começar a cirurgia um enfermeiro perguntou se ele precisava de alguma coisa, e ele respondeu: “Sim, de música country”;
  • O professor, físico e músico Richard Feynman morreu em 1988 dizendo “Morrer é um tédio”;

Benjamin Franklin

  • O cantor Johnny Ace morreu em 1954 quando brincava com uma pistola. Suas últimas palavras foram “Eu vou mostrar para vocês como não vou atirar”;
  • Benjamin Franklin morreu aos 84 anos enquanto sua filha tentava fazer com que ele se virasse na cama, para respirar mais facilmente. Suas últimas palavras foram “Um homem que está morrendo não faz nada facilmente”;
  • Sir Arthur Conan Doyle, que criou as histórias do detetive Sherlock Holmes, morreu aos 71 anos. Ele olhou para sua esposa e disse “Você é maravilhosa”, então deitou sua cabeça sobre o peito dela e morreu;
  • O ator John Wayne morreu em Los Angeles aos 72 anos. Antes, porém, ele olhou para sua esposa e disse “É claro que eu sei quem você é. Você é a minha garota. Eu te amo”;
  • O dramaturgo Wilson Mizner estava em seu leito de morte quando um padre chegou e disse “Certamente você gostaria de falar comigo”, ao que Mizner respondeu “Por que eu deveria falar com você? Acabei de falar com seu chefe”;

Alfred Hitchcock

  • O genial Alfred Hitchcock disse, antes de morrer: “Nunca se sabe o final. É preciso morrer para saber exatamente o que acontece depois da morte, embora os católicos tenham suas esperanças”;
  • Antes de morrer, o matemático Thomas Fantet foi perguntado sobre quanto era 12 ao quadrado, ao que ele respondeu: “144”;
  • Derek Jarman, artista, escritor e cinegrafista, disse, antes de sua morte: “Eu quero que o mundo seja repleto de patos brancos e fofinhos”;
  • Winston Churchill disse “Eu estou entediado com tudo isso”;
  • A atriz Joan Crawford gritou para a empregada doméstica que rezava por ela ao lado de sua cama: “Não ouse pedir para que Deus me ajude!”;

Truman Capote dançando com Marilyn Monroe

 

  • O cantor e compositor Bo Diddley fez sinal de positivo enquanto ouvia a música “Walk Around Heaven” e disse “Uau”;
  • Truman Capote repetiu diversas vezes a palavra “mama” antes de morrer;
  • James Brown disse “Eu vou sair hoje à noite”;
  • O compositor australiano Percy Grainger disse a sua esposa antes de morrer: “Você é a única de quem eu gosto”;
  • O cirurgião Joseph Henry Green checava o próprio pulso no momento de sua morte, quando disse: “Parou”;

    Bônus

  • Steve Jobs, o pai da Apple, morreu delirando, dizendo coisas como "uau", repetidamente.