SÁBADO, 17 DE AGOSTO DE 2019
Publicada dia: 18/02/2019

CONHEÇA A HISTÓRIA DA MAIOR PEPITA DE OURO JÁ DESCOBERTA NO MUNDO

Fonte: megacurioso.com

Você saberia dizer qual é o tamanho da maior pepita de ouro já descoberta no mundo? Imensa é pouco... Na realidade, ela consistiu em um baita pedregulho que, segundo os registros, pesava mais ou menos 70 quilos! Já pensou? Por as mãos em uma belezinha dessas? Pois, de acordo com Kaushik, do site Amusing Planet, esse ouro todo foi descoberto por 2 mineiros britânicos em meados do século 19 que haviam ido para a Austrália em busca de fortuna – e encontraram!

Golpe de muita sorte

Segundo Kaushik, os dois sortudos se chamavam John Deason e Richard Oates, e a dupla se deparou com o pepitão enquanto procurava por ouro na cidadezinha de Moliagul, situada em Victória, e bateram com uma picareta no pedregulho. Incrivelmente, a pepita se encontrava relativamente próxima da superfície e, quando um dos britânicos se abaixou para checar o que era o que tinham atingido, ele viu que tinha dado um baita golpe de sorte. Literalmente.

 

(Reprodução/Wikimedia Commons/William Parker)

Na época, estava rolando uma corrida do ouro em Victoria, o que significa que não faltvamm mineiros na região. Então, antes de sair festejando, a dupla de britânicos escondeu seu achado e esperou até o pôr do sol para desenterrar o pepitão. Nós falamos que a pepita bateu mais ou menos 70 kg na balança, certo? De acordo com os registros históricos, ela tinha por volta de 60 centímetros de comprimento e 30 cm de largura e, desde então, nunca mais tanto ouro em uma peça só foi encontrado.

Depois de a noite cair, Deason e Oates levaram a peça até a cabana de um deles, botaram a pepita no fogo para que eles pudessem remover outros minerais incrustrados sobre o ouro e uma camada de quartzo que havia em sua superfície. Aliás, mais de 27 kg de ouro foi retirado só dos fragmentos desse cristal.

Pequena fortuna

Segundo Kaushik, o restante do metal precioso foi transportado de carroça – escondido debaixo da saia da esposa de Deason! – até a cidade de Dunolly, a pouco mais de 14 quilômetros de distância de Moliagul, e levada imediatamente a um banco para evitar o risco de que ela acabasse sendo roubada. No fim, a peça teve que ser dividida em 3 partes para poder ser pesada, e a dupla guardou um pouco do ouro e vendeu um total de 66 kg aos banqueiros.

Essa, nas mãos dos homens da foto, é uma réplica do pepitão (Reprodução/Amusing Planet)

A pepita encontrada por Deason e Oates ficou conhecida como “Welcome Stranger” – “Bem-Vindo Estranho” em tradução livre – e, com o negócio, os mineiros embolsaram o equivalente a 43 anos de salário de um trabalhador médio da época, ou seja, uma pequena fortuna. Deason, entretanto, não soube investir muito bem a sua parte a bolada e acabou perdendo quase todo o dinheiro que ganhou. Já Oates se casou, comprou uma fazenda na Austrália e viveu tranquilamente nela pelo resto da vida. E você, caro leitor, o que faria se encontrasse tanto ouro assim?