SÁBADO, 17 DE AGOSTO DE 2019
Publicada dia: 26/02/2019

AFINAL, POR QUE ZEBRAS TÊM LISTRAS?

Fonte: megacurioso.com

Há mais de 150 anos, cientistas tentam desvendar o grande mistério: por que zebras têm listras? Muitas teorias surgiram e, até hoje, todas elas foram refutadas. Alguns pesquisadores sugeriram que esse padrão serve como camuflagem, disfarçando o contorno do corpo dos animais ou o assemelhando a troncos de árvores. Contudo, Amanda Melin, da Universidade de Calgary, demonstrou em um estudo recente que leões e hienas não são capazes de enxergar listras, a menos que cheguem muito perto. 

 

PUBLICIDADE

Reprodução/Science News

Outra hipótese levantada afirma que as faixas pretas absorvem mais calor do que as brancas, então o padrão bicolor seria um mecanismo de resfriamento. No entanto, um experimento derrubou essa afirmação. Dois recipientes com água foram utilizados; o primeiro foi coberto com pele de cavalo e o segundo, com pele de zebra: ambos aqueceram da mesma maneira. Portanto, para fins de arrefecimento, as listras são irrelevantes.

Reprodução/The Indian Express

Tim Caro, biólogo da Universidade da Califórnia, passou anos a fio se perguntando a razão de zebras serem listradas, e até escreveu um livro acerca do assunto. Com o propósito de obter mais respostas, Caro e seus parceiros de pesquisa viajaram até Hill Livery, um estábulo no sudoeste da Inglaterra, onde zebras são mantidas cativas com cavalos domésticos – o contexto perfeito para o estudo.

É comum vermos fotos de pessoas vestindo casacos com estampas listradas, imitando a pele dos equídeos. Mas cavalos? Para tentar compreender o efeito das listras na vida das zebras, os pesquisadores vestiram os cavalos do estábulo com "casacos listrados".

Reprodução/The Atlantic

Em suas observações, foi possível perceber que os animais comicamente vestidos com os casacos repeliam moscas, enquanto o restante dos cavalos continuava com o infortúnio dos insetos pousando neles. A experiência foi um insight para Tim e seus colegas, que desconfiam que as zebras evoluíram e adquiriram listras para evitar as moscas tsé-tsé, sugadoras de sangue.

E essa hipótese é, na verdade, bem coerente. As zebras são extremamente suscetíveis a doenças transmitidas por insetos. Os seus pelos, em comparação aos de outros animais, são muito curtos, deixando a pele e os vasos sanguíneos mais vulneráveis a ataques. Dessa maneira, as moscas são uma verdadeira ameaça, já que transmitem uma série de doenças fatais.

Reprodução/The Independent

Paloma Gonzalez-Bellido, especialista da Universidade de Minnesota em visão de insetos, apoia essa teoria. Segundo ela, as moscas utilizam fluxo óptico para medir sua própria velocidade e a de objetos próximos. Contudo, as listras disformes confundem sua visão. A equipe de Tim Caro ainda precisa avaliar muitos detalhes para solidificar a hipótese, mas, até então, as suspeitas iniciais foram confirmadas: as listras das zebras realmente repelem moscas.