SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2019
Publicada dia: 06/11/2019

Tigre-da-tasmânia, já extinto, pode ter sido encontrado

Fonte: Megacurioso

O tigre-da-tasmânia, formalmente conhecido como Thylacinus cynocephalus ou thylacine, foi declarado extinto, com o último da espécie morto em cativeiro no outono de 1936. No entanto, isto está sendo questionado atualmente a partir da declaração de diversos relatos de aparecimento do animal.

A espécie foi considerada uma das mais singulares já registradas por conta de suas características físicas: corpo típico de um cão; cabeça semelhante à de uma raposa; listras em seu dorso semelhantes às dos tigres; nas fêmeas, a bolsa semelhante à dos cangurus. Embora não se tenha uma razão oficial para a extinção do tilacino, é muito provável que a espécie tenha diminuído após terem sido caçados pelos seres humanos.

(Fonte: TSF/Reprodução)(Fonte: TSF/Reprodução)

De acordo com a CNN, foi divulgado pelo governo australiano um documento oficial que declarava avistamentos de tilacinos ocorridos entre setembro de 2016 e setembro deste ano. Enquanto isso, o jornal britânico The Guardian levantou informações de que os cientistas da Universidade James Cook lançaram uma busca pelo animal após algumas descrições. Sandra Abell, investigadora responsável pelos trabalhos no terreno, está se preparando para instalar 50 câmeras na península de Cape York, onde foram registradas várias possíveis aparições do animal.

Será que ainda existem?

Os avistamentos ainda não foram declarados e reconhecidos oficialmente, pois a ausência de prova fotográfica ou outra evidência concreta gera incerteza sobre a divulgação de algo oficial ou não. Caso as aparições sejam consideradas verídicas, os tigres-da-tasmânia serão responsáveis pelo surgimento de um mistério a ser estudado acerca de sua “extinção”.

Mas caso as suspeitas da sobrevivência do animal não sejam confirmadas, ainda há esperança de que o tilacino possa ser visto novamente. A partir da ciência, o DNA do tigre-da- tasmânia foi replicado e esse material genético poderá um dia ser utilizado para clonagem do animal, por meio de técnicas de manipulação genética.